PESQUISA



Pesquisa Avançada

PRÓX. LANÇAMENTOS

* NOVO TELEFONE (21) 2557-3960

comprovantes pgto enviar por e-mail (beatriz@anep.com.br)

A Esquemateca Vitória fechou. O Sr pode tentar mandar e-mail para o Jone( jone-fs@hotmail.com)

fone 21 2516-0802) ou Vivo(21) 99748-8419 (Whatsapp). Endereço: Rua Alexandre Mackenzie 40 Centro –

20221-410 Rio de Janeiro, RJ

A pessoa que recebeu o acervo da ESBREL já conseguiu digitalizar parte do material. Ele se chama

J R Mano-manorc1@manorc.com.br. (51) 9731-1158 (WhatsApp)

Tem também uma firma em Caxias chamada EPEL fone(21) 2772-4838 (atepel@atepel.com.br) que vende esqu

Endereço: Av Duque de Caxias 190 loja Centro -25070-070 Duque de Caxias, RJ

NEWSLETTER

Fique sabendo das novidades da Editora Antenna através do nosso Newsletter!

Cadastre-se aqui!

SEJA NOSSO AUTOR

Venha ser um autor da Editora Antenna! Para obter maiores informações a respeito, clique aqui.

ENQUETE

Como você chegou até nosso site?


Resultados


CADASTRO

Seja nosso cliente e aproveite todas as vantagens do site!

Cadastre-se agora!

LOGIN

REVISTAS

DETALHES DO LIVRO



Aplicações não Convencionais do Desdobramento da Função Qualidade


Paulo Augusto Cauchick Miguel / José Antonio Carnevalli



205 páginas - 1ª edição - 2006


ISBN: 8588098350


Formato: 16 X 23


Referência: art-35-0


R$60,00       


indicar para um amigo


O QFD é um dos mais importantes métodos desenvolvidos nas últimas décadas.
Criado há 30 anos no Japão, teve sua origem no desenvolvimento de novos produtos, garantindo a qualidade nas fases iniciais de projeto. Tem auxiliado organizações de diferentes segmentos industriais a desenvolver produtos de acordo com as necessidades e expectativas de seus clientes.
A partir dos benefícios alcançados, o uso do método se expandiu, sendo empregado no desenvolvimento de serviços e em aplicações gerenciais e de planejamento. Devido às suas características de possibilitar a análise de relações de causa e efeito entre dois ou mais conjuntos de dados e, acima de tudo, a priorização de itens de diferente natureza, para uma melhor tomada de decisão, o método encontrou um terreno fértil no planejamento estratégico, desenvolvimento curricular e de treinamento, e na área de tecnologia da informação e da série ISSO 9000, dentre outras.
É nesse contexto que esta obra pretende contribuir para a difusão do uso do QFD. O leitor encontrará diversos exemplos de aplicações, demonstrando um grande potencial na obtenção de benefícios que o método proporciona. Alguns são apresentados ilustrando o desenvolvimento e a utilização das matrizes do QFD em uma obra com características inéditas. Os exemplos citados são decorrentes de vários anos de estudo e do emprego do QFD em situações realmente diferenciadas no Brasil. Por analogia, ao conhecer essas aplicações, abrem-se várias possibilidades para o desenvolvimento de soluções, conforme suas necessidades.
Assim, espera-se que o leitor usufrua as vantagens do uso do QFD e do seu potencial de captação e tradução de informações, visando uma tomada de decisão mais eficaz.

Capítulo 1 – Princípios do QFD, 19
Manoel Otelino da Cunha Peixoto
Luiz César Ribeiro Carpinetti

1 – Introdução, 19
2 – A matriz da qualidade e as diferentes versões de QFD
2.1 – A matriz da qualidade
2.2 – Os elementos da matriz da qualidade
2.2.1 – A tabela de requisitos dos clientes
2.2.2 – A tabela das características da qualidade
3 – As diferentes versões de QFD
3.1 – A versão das quatro fases
3.2 – A versão do QFD-estendido
3.3 – O QFD das quatro ênfases
3.4 – A versão da matriz das matrizes
4 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 2 – QFD no planejamento estratégico: alinhamento entre prioridades competitivas e planos de ação
Paulo Augusto Cauchick Miguel
Rosângela Maria Vanalle
Alceu Gomes Alves Filho
1 – Um caso de uso do QFD no planejamento estratégico
2 – Discussão dos resultados
3 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 3 – Combinação do QFD e BSC para gestão estratégica da tecnologia de informação
Giancarlo Lucca
José A. Arantes Salles
1 – Modelo conceitual proposto
1.1 – Extração das necessidades dos stakeholders
1.2 – Desdobramento dos objetivos estratégicos
1.3 – Desdobramento dos fatores críticos de sucesso
1.4 – Desdobramento dos indicadores de desempenho
1.5 – Desdobramento dos planos de ação
1.6 – Implementação da estratégia de TI
1.7 – Avaliação e controle
1.8 – Revisão da estratégia de TI
2 – Sistema computacional proposto
2.1 – Definição da equipe de implantação do projeto
2.2 – Necessidades dos stakeholders
2.3 – Objetivos estratégicos
2.4 – Fatores críticos de sucesso
2.5 – Indicadores de desempenho
2.6 – Planos de ação e implementação da estratégia
2.7 – Medição de desempenho
3 – Resultados de um teste de aplicabilidade
4 – Considerações finais do capítulo
Referência e bibliografia do capítulo

Capítulo 4 – Uso do desdobramento da qualidade no planejamento da qualidade de um curso de mestrado em engenharia de produção
Clayton Aparecido de Moraes
Paulo Augusto Cauchick Miguel
1 – Introdução
2 – Aplicação do método QFD no curso de mestrado em engenharia de produção
2.1 – Matriz da qualidade
2.1.1 – A voz do cliente
2.1.2 – Desdobramento das tabelas da matriz da qualidade
2.1.3 – Estabelecimento da qualidade planejada
2.1.4 – Relação entre as tabelas da qualidade exigida e características da qualidade
2.1.5 – Resultado do processo de relação nas matrizes
2.1.6 – Processo de conversão realizado na matriz da qualidade
3 – Proposta de um plano de melhoria da qualidade
4 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 5 – Análise de técnicas de planejamento e controle da produção aplicadas na construção civil utilizando o QFD
Itamar Aparecido Lorenzon
Paulo Augusto Cauchick Miguel
1 – Introdução
2 – Desenvolvimento do trabalho
2.1 – Critérios para escolha das empresas
2.2 – Características das empresas
2.3 – Coleta e análise dos dados
2.3.1 – Compilação dos dados da primeira série de entrevistas
2.3.2 – Grau de importância: segunda série de entrevistas
2.3.3 – Análise da pontuação
2.3.4 – Análise comparativa das pontuações atribuídas pelas três empresas
2.4 – Extração das características da qualidade
2.5 – Montagem da matriz da qualidade e terceira série de entrevistas
2.6 – Matriz de decisão
3 – Discussão dos resultados
4 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 6 – Desenvolvimento do treinamento para o engenheiro da qualidade pelo uso do desdobramento da qualidade
Rodrigo Barbosa Campos
Paulo Augusto Cauchick Miguel
1 – Introdução
2 – Modelo conceitual e matrizes para o treinamento
2.1 – Atribuições do engenheiro da qualidade versus conhecimento em qualidade
2.2 – Programa de treinamento versus conhecimento em qualidade
2.3 – Técnicas e métodos didáticos versus conhecimento em qualidade
2.4 – Técnicas e métodos didáticos versus técnicas de avaliação
3 – Aplicação do modelo
3.1 – Análise dos resultados
3.2 – Desenvolvimento de outras matrizes
4 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 7 – Modelo de integração do QFD com a ISO 9001
José Celso Sobreiro Dias
Paulo Augusto Cauchick Miguel
1 – Proposta de um modelo de integração do QFD com a ISO 9001
1.1 – Desdobramento da qualidade (parte 1)
1.2 – Desdobramento da função qualidade no sentido restrito (parte 2)
1.3 – Abordagem em três dimensões (parte 3)
2 – A visão holística e sistêmica do modelo proposto
3 – Processamento e análise dos dados de entrada e saída
4 – Aplicação do modelo
5 – Considerações finais do capítulo
Referências e bibliografia do capítulo

Capítulo 8 – Considerações finais relativas ao uso do QFD em aplicações não- convencionais
Paulo Augusto Cauchick Miguel
Referências e bibliografia do capítulo

Paulo Augusto Cauchick Miguel - O autor é Engenheiro de Produção Mecânica pela Universidade Metodista de Piracicaba, formado em 1986. Atua profissionalmente desde 1985. Trabalhou como processista e engenheiro de processos na empresa Freios Varga, Limeira, e Bendix do Brasil, Campinas, até 1990, quando iniciou curso de mestrado em Engenharia Mecânica na UNICAMP, finalizado em 1992. Também concluiu curso de especialização lato sensu em Processos de Fabricação - Automação da Manufatura pela UNIMEP (cursado entre 1989 a 1990). Em 1991, realizou estágio de três meses em Precision Metrology, em Cranfield na Inglaterra em 1991. Depois de concluído o mestrado, tornou-se professor do Centro de Tecnologia da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), ministrando disciplinas de Metrologia Industrial e Controle da Qualidade. Nessa mesma época, foi instrutor na Mercedes-Benz do Brasil, Divisão Campinas (1991), e professor visitante na Faculdade de Engenharia Mecânica da UNICAMP em 1992 (ministrando a disciplina de Metrologia Industrial e sendo responsável pela disciplina de Sistemas da Qualidade).

Em 1993, transferiu-se para a Inglaterra onde realizou programa de doutoramento em Manufacturing Engineering na School of Manufacturing and Mechanical Engineering da Universidade de Birmingham, obtendo o título de PhD em 1996. Desde então, tem sido convidado para ministrar disciplinas na área de Gestão da Qualidade em cursos de especialização em diversas instituições, tais como Universidade São Judas Tadeu, São Paulo, Universidade de Sorocaba, Universidade Salesiana - UNISAL, Americana, e Instituto Nacional de Pós-Graduação - INPG.

Atualmente, é responsável pela área de Gestão da Qualidade, no Núcleo de Gestão da Qualidade e Metrologia e no Programa de Mestrado em Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia Mecânica e de Produção da UNIMEP. As áreas de atuação em pesquisa são Planejamento da Qualidade (principalmente QFD; realizando curso de aperfeiçoamento em QFD Avançado nos EUA com o Prof. Yoji Akao em 1998), Gestão da Qualidade, Custos da Qualidade, e Garantia da Qualidade.

É Diretor Técnico do IQFD&GDP - Instituto de Desdobramento da Função Qualidade (QFD) e Gestão de Desenvolvimento de Produtos, criado em 1999, Membro do Conselho Fiscal da ABEPRO - Associação Brasileira de Engenharia de Produção, e Membro da American Society for Quality e Associação Brasileira para o Ensino de Engenharia. Foi examinador do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ) - 1999, e membro da Comissão de Especialistas do MEC - Ministério da Educação e Cultura, para reconhecimento de cursos de graduação em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção Mecânica (1999) e Curso Superior de Tecnologia em Qualidade e Produtividade (2000). Tem mais de uma centena de artigos escritos para revistas do Brasil e do exterior e também apresentados em congressos

>> Site: http://

José Antonio Carnevalli - É engenheiro de produção mecânica, com mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep). Atualmente, é pesquisador de doutorado em Engenharia de Produção na Unimep, apoiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
>> Site: http://


LEIA TAMBÉM


Do(s) Mesmo(s) Autor(es):


Qualidade: Enfoques e Ferramentas

Do Mesmo Tema:


Qualidade: Enfoques e Ferramentas

Visão Sistêmica da Qualidade


Copyright © 2006 Antenna Edições Técnicas - Produzido por Marcelo S. Macedo
Av. Marechal Floriano, 151 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20080-005
Tel: (21)2223-2442 - Fax: (21)2263-8840