PESQUISA



Pesquisa Avançada

PRÓX. LANÇAMENTOS

* NOVO TELEFONE (21) 2557-3960

comprovantes pgto enviar por e-mail (beatriz@anep.com.br)

A Esquemateca Vitória fechou. O Sr pode tentar mandar e-mail para o Jone( jone-fs@hotmail.com)

fone 21 2516-0802) ou Vivo(21) 99748-8419 (Whatsapp). Endereço: Rua Alexandre Mackenzie 40 Centro –

20221-410 Rio de Janeiro, RJ

A pessoa que recebeu o acervo da ESBREL já conseguiu digitalizar parte do material. Ele se chama

J R Mano-manorc1@manorc.com.br. (51) 9731-1158 (WhatsApp)

Tem também uma firma em Caxias chamada EPEL fone(21) 2772-4838 (atepel@atepel.com.br) que vende esqu

Endereço: Av Duque de Caxias 190 loja Centro -25070-070 Duque de Caxias, RJ

NEWSLETTER

Fique sabendo das novidades da Editora Antenna através do nosso Newsletter!

Cadastre-se aqui!

SEJA NOSSO AUTOR

Venha ser um autor da Editora Antenna! Para obter maiores informações a respeito, clique aqui.

ENQUETE

Como você chegou até nosso site?


Resultados


CADASTRO

Seja nosso cliente e aproveite todas as vantagens do site!

Cadastre-se agora!

LOGIN

REVISTAS

DETALHES DO LIVRO



Energia Solar


Ricardo Aldabó



162 páginas - 1ª edição - 2002


ISBN: 8588098091


Formato: 14 x 21


Referência: ART-09-1


*** Não Disponível! ***


indicar para um amigo


O aporte financeiro anual nas áreas de geração e distribuição de energia elétrica é estimado em U$ 800 bilhões, no mundo. A eletricidade é considerada insumo fundamental para o desenvolvimento econômico e social. Apesar disso, 2 bilhões das 5,7 bilhões de pessoas no mundo não têm qualquer acesso à eletricidade.

A demanda mundial por eletricidade cresce rapidamente, mesmo considerando os impactos negativos que acompanham algumas formas de geração convencional, tais como a nuclear e combustível fóssil. Tudo isso conduziu à necessidade da geração de eletricidade alternativa, com os produtores considerando os recursos renováveis para suprir a demanda sem agregar poluição ambiental.

Outro fator estimulante para novas fontes de energia alternativa é a desregulamentação das atividades do mercado de energia elétrica, que incrementa o desenvolvimento de pequenos produtores e também a competitividade entre as grandes concessionárias.

A energia solar é a fonte de energia menos poluente e menos finita conhecida até o momento. Disponível para a humanidade desde o surgimento da vida na Terra, a energia solar nunca foi aproveitada de forma tão eficiente quanto as outras fontes de energia. E isso considerando que todas as outras fontes de energia renováveis apresentam alguma desvantagem. Providenciar um sistema de suprimento de energia solar confiável é uma tarefa que encontra algumas dificuldades e um certo grau de complexidade.

Atualmente, os sistemas de energia solar mais utilizados são os de aquecimento residencial passivo e fornecimento de energia elétrica para equipamentos autônomos remotos. Essas duas aplicações são representações práticas dos dois métodos de aproveitamento da energia solar: sistema térmico e sistema elétrico (também chamado fotovoltaico). O sistema térmico converte a energia radiante do sol em calor, usando esta energia conforme a aplicação desejada. O sistema elétrico converte a energia radiante do sol diretamente em energia elétrica, que pode ser usada como uma fonte de energia comum.

Outros sistemas menos populares, mas efetivos são: aquecimento de água residencial, alimentador para bombas de recalque de água, repetidores de telecomunicações e fornecimento de energia em dispositivos espaciais. Além do desenvolvimento nessas áreas, aplicações de larga escala estão sendo testadas para utilização num futuro próximo.

A radiação solar incidente no limite superior da atmosfera sofre uma série de reflexões, dispersões e absorções durante o seu percurso até o solo, conforme as variações climáticas. A incidência total da radiação solar sobre um corpo localizado no solo é a soma das componentes direta, difusa e refletida.

A radiação direta é a que não sofre mudança de direção além da provocada pela refração atmosférica. A radiação difusa é aquela recebida por um corpo, após a direção dos raios solares ter sido modificada por reflexão na atmosfera. A radiação refletida depende das características do solo e da posição do elemento receptor.

A disponibilidade da energia solar na superfície da terra varia conforme o local e a época do ano. Muitas aplicações exigem tanto uniformidade quanto constância no suprimento da energia. O maior desafio para o projetista de sistemas de energia solar consiste no estudo e previsão da radiação solar, nos meios utilizados para capturar essa energia e na forma de armazenamento.

Algumas das variações são previsíveis: a variação diurna, que é função do movimento de rotação da Terra em torno do seu eixo; a variação sazonal, que é função da inclinação do eixo da Terra; e a variação anual, que é função da órbita elíptica da Terra em torno do Sol. Outras variações significativas são previsíveis por estatística, tal como a incidência média da radiação solar por um período de tempo. Nesse caso, existem os efeitos da formação de nuvens, poluição atmosférica, pó e nevoeiros.

A quantidade de energia incidente sobre uma superfície plana de um metro quadrado, no período de um dia, é em torno de 0,2 kWh/m2. Isso não é muito quando comparado com a intensidade de outras fontes conhecidas de energia. Por exemplo, uma lâmpada incandescente de 100 W possui uma intensidade de 12 kWh/m2 e um forno elétrico de 500 W, intensidade de 25 kWh/m2. Logo, o sistema de energia solar necessita de coletores espalhados por uma grande área para que seu rendimento seja razoável.

O armazenamento também representa um desafio econômico quando comparado com as outras formas de energia disponíveis. Mesmo com essas desvantagens, a energia solar constituí-se atualmente numa importante fonte alternativa de energia.

Capítulo 1: A energia solar

Energia renovável no mundo

Consumo de energia no Brasil

Energia solar

Padrões de normatização

Capítulo 2: A célula fotovoltaica e o coletor solar

Eficiência conforme o material de fabricação
Vida útil do sistema fotovoltaico
Coletor solar

Capítulo 3: Sistemas por concentração de energia solar

Sistema tipo calha

Sistema tipo prato

Sistema tipo torre

Tabela de comparação entre as tecnologias
Capítulo 4: Aplicações básicas

Sistema fotovoltaico autônomo
Potência e energia geradas

Dimensionamento de um sistema
Satélite de energia solar (SES)

Solar Two

Aquecimento de água

Aquecimento combinado de água e ambiente
Refrigeração

Secagem de produtos agrícolas
Destilação de água

Sistema solar marítimo

Sistema de armazenamento baseado em amônia

Concentrador solar a laser

Bombeamento de líquidos

Substituição do chuveiro elétrico
Tanque solar

Phoebus

Sistema fotovoltaico da Estação Ecológica Juréia - Itatins

Sistema fotovoltaico do Parque Ecológico Porto Sauípe

Sistema de bombeamento de água Comunitário
Capítulo 5: Energia e meio ambiente

Custos ambientais

Aspectos sociais

Linhas de transmissão

O desenvolvimento sustentável
Capítulo 6: Instalação com sistema fotovoltaico
Controlador de carga

Baterias

Monitoração do sistema

Inversor

Cargas CA

Sistema de retaguarda (backup)
Proteção contra descarga atmosférica
Capítulo 7: O combustível hidrogênio

Eletrólise por energia solar

Célula de combustível

Apêndice A: Energia hidrelétrica

Apêndice B: Energia solar no Brasil: fornecedores e informações

Glossário

Bibliografia

Ricardo Aldabó - Ricardo Aldabó Lopez é formado em Engenharia Eletrônica, trabalhando em manutenção e desenvolvimento de projetos na área de Geração Hidrelétrica da Companhia Estadual de Energia Elétrica, Rio Grande do Sul, desde 1980. Autor dos livros “Sistemas de Redes para Controle e Automação” (Editora Book Express – Rio de Janeiro – 2000); e pela Artliber – São Paulo: “Qualidade na Energia Elétrica” (2001), “Gerenciamento de Projetos” (2001) e “Energia Solar (2002); artigos na área de projetos e eletrônica com aplicação dirigida a cursos técnicos de nível médio e superior.
>> Site: http://


LEIA TAMBÉM


Do(s) Mesmo(s) Autor(es):


Célula Combustível a Hidrogênio

Energia Eólica

Gerenciamento de Projetos (Procedimento Básico e Etapas Essenciais)

Qualidade na Energia Elétrica

Do Mesmo Tema:


Cabos de Energia

Célula Combustível a Hidrogênio

Energia Eólica

Energia Nuclear

Energia Solar e Fontes Alternativas

Energia Solar Utilização e Empregos Práticos

Energia: Desconcertos e Impasse

Fundamentos de Eficiência Energética ( Industrial, Comercial e Residencial )

Interferência e Proteção Eletromagnética (Espiral)

Qualidade na Energia Elétrica

Sistema de Energia

Sistemas No-Breaks Estáticos


Copyright © 2006 Antenna Edições Técnicas - Produzido por Marcelo S. Macedo
Av. Marechal Floriano, 151 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20080-005
Tel: (21)2223-2442 - Fax: (21)2263-8840